“Quanto custa para desenvolver um aplicativo?” Essa é a pergunta mais comum que recebo dos meus alunos, de pessoas do setor de tecnologia e, é claro, de clientes. É uma pergunta “simples” e que já ouvi milhares de vezes, porém, ainda assim, é uma pergunta complicada de responder. Afinal, há uma linha nada tênue entre os valores de R$ 4.000,00, R$ 100.000 e até mais de 1K, certo?

A questão principal é que existem diversas variáveis envolvidas no desenvolvimento de um aplicativo mobile. Muitas vezes é difícil encontrar essas variáveis e saber quanto cada uma vale dentro do processo de desenvolvimento. A mão-de-obra é apenas o primeiro e mais básico dos fatores, por exemplo, há uma diferença significativa entre a contratação de um freelancer, de uma equipe de desenvolvimento, ou de uma agência especializada em aplicativos.

Da mesma forma, ter um aplicativo que requer um servidor back-end construído ou APIs integradas, pode variar dramaticamente de um aplicativo que é completamente autônomo.

Ou seja, e me perdoem por ser genérico neste ponto: custos obviamente podem variar de solicitação para solicitação.

“Desenvolver um aplicativo é fácil, o difícil é saber quanto custa um aplicativo.”

Para desenvolvedores experientes, muitas vezes a maior dificuldade não é desenvolver um aplicativo, mas sim, saber quanto cobrar por cada aplicativo. Se um aplicativo simples e autônomo pode custar poucos milhares de reais. Se você quer construir serviços de back-end para o seu aplicativo, esse número vai subir ainda mais.

Segundo Ken Yarmosh, CEO de uma grande agência de aplicativos: “Todo mundo parece surpreso que Instagram mastigado US $500 mil em financiamento de risco para construir um novo front-end e back-end. Eu não.” E eu, concordo totalmente com ele, inclusive com pontos de sua pesquisa que ressaltam:

  • Aplicativos desenvolvidos por grandes empresas mobile podem custar entre US$ 500.000,00 à US$ 1.000.000,00
  • Aplicativos desenvolvidos por empresas um pouco menores podem custar entre US$ 150.000,00 à US$ 450.000,00
  • Aplicativos desenvolvidos por empresas pequenas e equipes bem enxutas custam de R$ 100.000,00 para baixo.

Dá pra perceber que uma infinidade de pontos devem ser analisados na hora de desenvolver um aplicativo e na hora de solicitar também, afinal todas as variáveis afetarão no preço entre um aplicativo menor e um aplicativo milionário!

“Esse valor que estou pagando no aplicativo, é um valor justo? Está barato? Está caro?”

A mesma pergunta assombra a cabeça dos clientes que solicitam o desenvolvimento de um aplicativo. Principalmente, porque é ele quem está realizando o investindo e vai querer um ROI ao menos satisfatório.

Listei algumas dentre as todas as variáveis que devemos considerar no momento de precificar o aplicativo que vamos desenvolver ou de obter cotações para o que estamos comprando. Penso que esses tópicos são básicos e extremamente importantes de se considerar.

Qualidade

Essencial na hora de precificar o desenvolvimento de um aplicativo, ou de julgar o produto recebido. Na prática, todos os aplicativos devem ter sempre uma ótima qualidade e atender as expectativas de quem o solicita. Porém, as vezes, por questões de custo benefício, é preciso adequar a qualidade do aplicativo com o budget disponível.

Ou seja, quanto maior o nível de qualidade que o aplicativo tiver, mais caro fica.

Design

O design de um aplicativo interfere diretamente em como será a experiência do usuário ao utilizá-lo. Isso pode influenciar no sucesso ou fracasso do aplicativo, pois os usuários querem algo que facilite a vida deles, e não que complique ainda mais.

Quanto mais detalhado e personalizado o design do aplicativo, mais caro ele fica.

Monetização

Existem alguns tipos de monetização de aplicativos. Eles podem ser gratuitos e incluirem publicidade, pagos – aplicativos que fornecem serviços com mensalidades e pacotes; ou qualquer tipo de negócio que gere vendas dentro do aplicativo como um e-commerce.

O e-commerce pode ser considerado um dos tipo mais caros, pois é preciso garantir um certo nível de segurança nas transações realizadas dentro do aplicativo.

Login e Perfil de Usuário

É muito comum a maioria dos aplicativos exigirem inicialmente que o usuário faça um cadastro e um login antes de começarem a usar as funcionalidades disponíveis. É preciso considerar esse tipo de funcionalidade na hora de precificar o aplicativo.

A necessidade de o usuário fazer login no aplicativo usando o email e/ou redes sociais e a criação de um perfil, também encarece o aplicativo.

Integração com Website e Painel Administrativo

Muitas vezes, o aplicativo é apenas “a ponta do iceberg” da solução completa. Sendo assim, é muito comum ter integrações com websites e painéis administrativos que alimentam seu conteúdo, processam e fazem a curadoria dos dados que são mostrados no aplicativo.

Um ponto de extrema importância no momento de precificar ou de solicitar um aplicativo, é a atenção em não considerar apenas “a ponta do iceberg”, mas sim a solução completa.

Multilíngue, Bilíngüe ou uma Única Língua

Quais idiomas ele vai suportar? Será um aplicativo inglês/português?

Preparar o aplicativo para que suporte mais de um idioma, é um trabalho a mais no processo de desenvolvimento e, provavelmente, um tradutor/intérprete profissional. Sendo assim, o valor do aplicativo aumenta também.

Essa lista contém apenas os elementos básicos, mesmo assim já dá pra ter uma idéia do que inserir na sua cotação. Além disso, lembre-se que o custo para um aplicativo envolve UX, concepção, desenvolvimento, gestão inicial do projeto etc. Haverá um orçamento mínimo exigido para atualizações contínuas e, potencialmente , alguns custos de servidor.

Como Saber Quanto Custa um Aplicativo

Como você viu, são muitas variáveis para se pensar quando vamos calcular o custo de um aplicativo.

Felizmente, há uma ferramenta chamada Quanto custa criar um Aplicativo, que tenho testado e que gostaria de recomendar a você. É uma “mão na roda” para desenvolvedores e clientes fazerem esses cálculos e terem uma boa base de quanto irá custar o aplicativo.

quanto_custa_criar_app

O Quanto custa criar um Aplicativo é um site interativo que ajuda a fazer esse cálculo baseando-se nas variáveis que citei acima.

Basicamente para usar a ferramenta, você deve responder as perguntas referente ao aplicativo em questão. Essas perguntas são baseadas nos itens que citei acima.

Para fazer o calculo aproximado do valor final do aplicativo, a ferramenta considera as repostas obtidas juntamente com a base de dados com várias informações sobre valores e características de aplicativos desenvolvidos por freelancers, pequenas e grandes empresas.

Então, quanto custa um aplicativo?

Depende, vimos que existem muitas variáveis a se considerar quando vamos precificar o desenvolvimento de um aplicativo mobile. Mas podemos ter o auxilio da ferramenta citada para nos ajudar a fazer esses cálculos.

Fazendo uma avaliação utilizando o  Quanto custa criar um Aplicativo, considerando do aplicativo mais simples para um mais complexo, os valores para o desenvolvimento podem variar entre R$4.760,00 á R$75.480,00 reais.

*Lembre-se, esses valores servem apenas como base para auxiliar no calculo do valor, tendo em vista, que cada aplicativo tem suas particularidades que podem aumentar ou diminuir o valor final.

Obviamente, o seu conhecimento nas plataformas mobile também é essencial, pois quanto mais conhecimento você tiver da plataforma, mais fácil será analisar os fatores que envolvem o desenvolvimento de um aplicativo, como sua precificação.

Onde encontrar desenvolvedores e/ou projetos?

Nesse momento existem duas coisas que você pode estar pensando, dependendo de que lado você está, do cliente procurando desenvolvedores ou como desenvolvedor procurando projetos para começar a monetizar seu conhecimento em desenvolvimento Android.

Para os dois casos, é possível utilizar sites de freelancer para fazer a conexão de quem quer um projeto mobile com quem quer desenvolver esses projetos.

Existem vários sites por ai e eu vou recomendar dois bem legais, tanto para o desenvolvedores, quanto para quem é cliente.

Freelancer.com

O Freelancer.com, é um lugar onde clientes postam projetos de todos os tipos, incluindo desenvolvimento, e recebem ofertas competitivas de freelancers querendo trabalhar no projeto.

Eles tem um sistema de reputação para tornar mais fácil o cliente identificar os melhores freelancers e para quem procura trabalho mostrar a qualidade do serviço. É uma forma simples e segura de conectar clientes com freelancers.

Acessar o Freelancer.com

Fiverr

O Fiverr é um dos maiores mercados do mundo de serviços. Um serviço oferecido no Fiverr é chamado de Gig, pronunciado “guig“. Os Gigs são oferecidos por preços a partir de U$ 5 dólares. Você encontra tudo, inclusive desenvolvimento de aplicativos mobile, desde Gigs extremamente simples até Gigs mais complexas com valores bem superiores a $ 5.

Esse site muito para tanto para clientes quanto para freelancers também. Para os clientes, porque o valor é extremamente acessível e os profissionais são de muita qualidade. Para os freelancers é um ótimo site para começar a fazer projetos e trabalhar em coisas bem especificas, como correção de bugs ou conversão de sites em aplicativos Android.

Acessar o Fiverr

Uma última consideração…

“Vale a pena investir e aprender a desenvolver aplicativos?”

A dúvida é maior ainda para o desenvolvedor mobile iniciante, aquele que as vezes vem de outras áreas de desenvolvimento, e/ou quer iniciar sua carreira como desenvolvedor de aplicativos.

Falo muito sobre isso nessa aula online 100% gratuita. Então, não deixe de assisti-la para saber sobre os 5 passos para se tornar um Desenvolvedor Android Profissional e 4 maneiras de ganhar dinheiro como Desenvolvedor Android Profissional!

Leia também


Fillipe Cordeiro
Fillipe Cordeiro

Engenheiro da computação e desenvolvedor de software a quase 10 anos, com experiência em tecnologias como Java, Python e Android. Agora, quero te ajudar a mergulhar no universo do Desenvolvimento Android.